Debate de Pilhérias

Debate entre candidatos a senadores do estado de Minas Gerais 

Foi realizado no dia 02 de setembro de 2006, na Faculdade Estácio de Sá de Belo Horizonte, campus Prado, o debate entre os canditados mineiros ao senado. Os convidados foram Newton Cardoso (PMDB), Eliseu Resende (PFL), Omar Peres (PDT) e Ronaldo Vasconcelos (PV), dos quais somente os dois últimos compareceram.  Além dos candidatos, compuseram a mesa de dabates o diretor geral da faculdade Estácio de Sá, Carlos Alberto Teixeira de Oliveira; o professor, coordenador do curso de jornalismo e idealizador do debate, Carlos Alberto dos Santos; o coordenador do curso de direito, José Alfredo e os jornalistas Marcelo Freitas e Patrícia Aranha. 

Em sua apresentação,  Omar Peres, 49 anos, presidente das Organizações Panorama, em Juiz de Fora, usou uma pesquisa do Datafolha em que aparecia com 01% das intenções de voto, o que chamou de uma “inverdade”. Aproveitou para atacar o candidato ausente Newton Cardoso, que aparecia melhor colocado na pesquisa. A proposta que sustenta a campanha de Omar é a exigência da cobrança de royalties – direitos sobre produto –  pela extração dos minérios de Minas. Ronaldo Vasconcelos, 56 anos, engenheiro elétrico e professor na Universidade Ferderal de Minas Gerais (UFMG) não podia ser mais contraditório. Disse apoiar a reeleição de Aécio Neves para o governo do estado de Minas Gerais e a de Luiz Inácio Lula da Silva para a presidência da república, e logo após ressaltou que é contra a reeleição em quaisquer cargos. Perguntado sobre o que pretende fazer em relação ao emprego, disse que irá “diminuir a carga tributária”, além de fomentar o turismo, outra de suas propostas. 

O debate, que deveria ter como foco a apresentação das propostas políticas de cada candidato, resumiu-se numa troca de alfinetadas sutis entre os presentes, e ataques – esses nada sutis – aos candidatos ausentes, principalmente a Newton Cardoso (PMDB), numa demonstração pública de ação anti-ética, uma vez que os atacados não tiveran o direito de resposta. Entre outras gafes cometidas, como brincadeiras indevidas, citação de apelidos de candidatos e falta de seriedade. No fim, o que se viu foi um debate de pilhérias.                                                                                                       

  Edson Junior 

Anúncios

1 comment so far

  1. Lu on

    Legal, Edd! Obrigada pela informação, já que eu não acompanhei o debate! rs..rs.. O que mais chamou a minha atenção foi a opinião contraditória do candidato Ronaldo Vasconcelos do PV quando disse ser contra “reeleições”e ao mesmo tempo, apoiar as reeleições de Aécio e Lula. rs..


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: